Entrevista para o site DRACULA´S HOUSE

feita em Agosto / 2005

Visite :

www.nocturnos.v10.com.br

e

Acesse também o PERFIL de DeniseMG neste site - Clique AQUI

D.H: Denise, você reside em que parte do Brasil?

DeniseMG.: Eu sempre morei na cidade de São Paulo - SP \ Brasil.

D.H: Já residiu em outro país?

DeniseMG..: Nunca fiquei morando por longo tempo em outro país e em uma outra questão
abaixo, citarei os lugares que visitei.

D.H: Você é gótica, ou se intitula ser de alguma facção, vampira, bruxa, thelemita...?

DeniseMG.: Não gosto de rótulos e/ou seguir movimentos temáticos, pois acho que isso
limita os horizontes e gosto de estar ligada em tudo que me interessar, sem restringir meus passos.

D.H: Quando e onde começou seu interesse por vampirismo?

DeniseMG.: Desde pequena, eu via na tv, os velhos filmes de suspense e mistério e também de Drácula, em branco e preto e gostava muito. Muito mais adiante, num cedo, lá em meados de 1993, achei um livro de Anne Rice num sebo e a leio até hoje, entre outros vários escritores. E em 2000, caí doente com a doença rara ligada aos vampiros: A Porfiria, e minha pesquisa se aprofundou bastante nas vertentes da ficção, medicina, cinema e história mundial real ligada ao mito dos vampiros, pois eu queria ficar viva.

D.H: Você tem muitas poesias góticas, vampíricas. Gosta de literatura do mesmo gênero. Você já escreveu algum livro ou pretende escrever algum dia?

DeniseMG Gosto não apenas de livros com tendências góticas, desde a faculdade de letras. Eu já li muito, desde filosofia até espiritismo, passando por mitos e lendas, bruxaria e história. Sim, escrevi livros já. Um de poesias, outro de vampiros com cenários reais que eu mesma busquei na Inglaterra e um outro sobre a doença Porfiria, no meu caso, que foi vitorioso. Eu estava em um outro projeto, o qual eu havia sido convidada a escrever, porém não posso afirmar se ele se concretizará, até o momento.

D.H: Conheces algumas celebridades do circulo gótico como Zé do Caixão e sua filha Liz Vampy, Fernando Ribeiro, vocalista do Moonspell entre outros. Foram eles que te deram inspiração com relação ao vampirismo, ou a aproximação deles foi conseqüência de uma paixão que já existia?

DeniseMG Sim, através do site. Conheço constantemente, mais e mais pessoas, mas não... Eles não são inspiração de gostos. Eles são frutos do meu trabalho, pois gostam do meu site e aceitaram com prazer, fazer entrevistas comigo ou participar do meu site de alguma outra forma.

D.H: Você criou um site sobre vampirismo, fale-nos um pouco dele.

DeniseMG.:Não apenas vampirismo. Falo de bandas de rock e as entrevisto, falo de cds e eventos, falo de livros e diversos escritores e poetas e os entrevisto também. Falo de bruxaria e suas vertentes e entrevisto bruxos (as) também em todos os temas abordados pelo site, apresento muitas pesquisas que faço. O site nasceu em dezembro de 2001, quando eu já conseguia sentar-me sozinha (devido à porfiria, eu havia perdido todos os meus movimentos corporais, do pescoço pra baixo) e que pensava em trabalhar pela internet... Daí, mesmo sem ter feito curso algum de webdesigne, comecei a fazer uma página pessoal grátis e com o tempo, cresceu e a registrei como empresa ".com.br" e é o site Vampirus Brasil, com mais de 100 páginas e mais de 600 visitantes diários, não apenas do Brasil, o que aliás, me move a traduzir o site para o inglês, assim que possível...Isso na verdade, já foi iniciado.

D.H: Como você vê a internet como meio de informação para os usuários?

DeniseMG.: Eu acho que a partir do momento que a pessoa por si, quer e se interessa por algo, ela pode crescer muito, independente do tema em questão >>> gosto não se discute, é um direito de todos. Gosto da internet, a sua rapidez de acesso está melhorando sempre e creio que ficará sempre de melhor a melhor. Por outro lado, gosto de pesquisar em livros, virar suas páginas, etc. O que não gosto da internet é a cópia que fazem sem direitos creditados ao criador. Isso merece mais respeito.

D.H: Acha que a lei para a internet deveria ser mais intensificada?

DeniseMG.: Claro ! E Sempre ! Estamos nos primeiros passos disso ainda.

D.H.: Em quais países já estiveste?

DeniseMG.: Já fiz curso na Inglaterra em 98 e visitei um penpal - correspondente por cartas, por 30 dias na França. Também fiz uma das minhas viagens dos sonhos, Escócia e no ano passado, vivi um amor na Holanda. E antes, quando adolescente, visitei com meus pais a Argentina, Paraguai e Uruguai.

D.H: Como são vistos e como se comportam os góticos destes lugares?

DeniseMG O mais livre possível. É normal vê-los pelas ruas, como quaisquer outras tendências. O estilo de cada um, não assusta ninguém, mesmo que seja exótico, ou gótico, ou punk... ou vampiro, é um tesão isso.

D.H: Poderia fazer uma comparação entre o goticismo no Brasil e nos países que já visitaste?

DeniseMG.: Acho que em grande base é igual, mas os Pubs vampíricos que vi na Escócia e Inglaterra, são um charme :) E as roupas belíssimas e todos os tipos de acessórios também. Viagens para Transilavânia e muitas outras coisas acontecem com freqüência. E pretendo falar desses lugares e castelos em meus livros, não resisto.

D.H: O Brasil é ainda um país muito preconceituoso. O Goticismo vem crescendo a cada ano no país, seja por modismo, admiração, filosofia de vida ou outros motivos. Pessoas que se vestem totalmente de preto, usam sobretudo, maquiagem pesada dentre outros apetrechos. Você vê está onda crescente de góticos e ocultistas no país como algo positivo?

DeniseMG.: Tudo pode ser positivo, a partir do ponto que não se agrida o sistema social do lugar que se vive. Estando "de bem" com todos, todos podem ter seu espaço sem conflitos, porém o rock, seja em que tendência for, atrai o pensamento "sexo, drogas & rock 'n roll" ... vai de cada um, passar a sua verdade! Eu nunca usei drogas, nem sou de beber (apenas vinhos,por favor e muita água) e nem por isso, deixei de ouvir rock, desde meus 13 anos e não vou parar por ninguém, ou por idade. Se na Europa, todos convivem numa boa, por que aqui no Brasil, não daria? :)

D.H: Você também tem uma comunidade no Orkut que está relacionada ao site não é mesmo?

DeniseMG.: Tenho e estou feliz que já passei de 1.170 pessoas associadas. Também um grupo no Yahoo chamado Bloody Kisses e tem menos pessoas, mas o movimento é super intenso. Para entrar em ambos, o acesso está no site Vampirus Brasil.

D.H: Como são os membros da comunidade e como se comportam diante do Vampirismo?

DeniseMG.: São pessoas que amam a noite, os seus mistérios, suas poesias e poetas, as músicas melancólicas, entre outras, muitos desejam um amor eterno como Drácula teve... São pessoas que tem seu estilo ímpar... Ninguém é igual a ninguém e todos querem ter seu espaço no mundo. São amigos sem igual !

D.H: E finalizando nossa entrevista, algum recado para os novos góticos e/ou os veteranos que admira o seu trabalho?

DeniseMG.:Quero imensamente agradecer o apoio de todos que me mandam e-mails todo dia, o carinho que recebo, presentes e acima de tudo, quero agradecer os amigos e amigas que o site me trouxe desde dezembro de 2001 :))) E em todo meu trabalho, há a minha sinceridade. Quero deixar claro que ele foi criado, no meu renascimento pra vida, após a doença porfiria e foi a forma que eu encontrei de ter meu espaço no mundo. Não o fiz pra criar inveja em ninguém ou passar sobre outros sites, a nível de concorrência. Estou aberta a conversas de parcerias pra que esse mundo noturno seja firme e forte ETERNAMENTE. Obrigada pelo reconhecimento do meu trabalho solitário !

Bloody Kisses
DeniseMG

DeniseMG

DeniseMG

Vampirus Brasil | São Paulo, Brasil © 2001/2006 todos os direitos reservados |